Em 1977 as empresas Exibidoras de Outdoor de Salvador (A.Linhares - Impacto Wolney - Chaves - Epoca) haviam recém fundado Associação Baiana das Exibidoras de Outdoor, quando foram convidadas a participarem em São Paulo de uma reunião onde se pretendia fundar uma entidade representativa do Meio a nível Nacional.

Nesta ocasião José Linhares e Cesar Chaves foram participar desta reunião e se comprometeram a trazer para a Bahia esta ideia para discutir com as outras Empresas, o que efetivamente aconteceu.

Após algumas reuniões as Empresas concordaram em dar baixa na recém fundada associação que haviam criado em prol desta nova ideia a nível nacional mais abrangente, nascia então a 1ª Seccional da Central de Outdoor no Brasil, tendo como fundadora as seguintes Empresas A.Linhares (representada por José Linhares), Impacto e Wolney (representada por Cesar Chaves), Chaves (representada por Gilvanci Gueiros), tendo como primeira iniciativa a redução em 50% do numero de outdoors existentes e simultaneamente sugerindo a Prefeitura a elaboração de uma Regulamentação de Publicidade mais atual.

Após esse período o outdoor na Bahia começou a se expandir para todo o estado e essas novas empresas sentiram também a necessidade de organização, direcionamento e padronização do meio se incorporando também a Central de Outdoor.

Na capital a Central de Outdoor sempre preocupada com a ordenação da cidade e do meio ambiente, em parceria com o poder publico, elaboraram uma nova regulamentação e com isso firmaram definitivamente os outdoor em Salvador como os melhores em eficiência, organização e estrutura no Brasil.

Desde a sua fundação a Seccional teve 3 diretores, o Sr. José Linhares - Alinhares Outdoor (Agosto de 1977 à  Abril de 2008), Sr. Roberval Luania - Chaves Outdoor (Abril de 2008 à Abril 2010), Sr. Ivan Lopes - Rede Outlight (Abril 2010 à Abril 2014) e atualmente é dirigida novamente o Sr. Roberval Luania - Chaves Outdoor (Abril 2014 até Abril 2018).

A Seccional Bahia da Central de Outdoor conta hoje com 6 empresas associadas na capital e mais 6 no interior do estado.

Em 1977 as empresas Exibidoras de Outdoor de Salvador (A.Linhares - Impacto Wolney - Chaves - Época) haviam recém fundado Associação Baiana das Exibidoras de Outdoor, quando foram convidadas a participarem em São Paulo de uma reunião onde se pretendia fundar uma entidade representativa do Meio a nível Nacional.

Nesta ocasião José Linhares e Cesar Chaves foram participar desta reunião e se comprometeram a trazer para a Bahia esta idéia para discutir com as outras Empresas, o que efetivamente aconteceu.

Após algumas reuniões as Empresas concordaram em dar baixa na recém fundada associação que haviam criado em prol desta nova idéia a nivel nacional mais abrangente, nascia então a 1ª Seccional da Central de Outdoor no Brasil, tendo como fundadora as seguintes Empresas A.Linhares (representada por José Linhares), Impacto e Wolney (representada por Cesar Chaves), Chaves (representada por Gilvanci Gueiros), tendo como primeira iniciativa a redução em 50% do numero de outdoors existentes e simultaneamente sugerindo a Prefeitura a elaboração de uma Regulamentação de Publicidade mais atual.

Após esse período o outdoor na Bahia começou a se expandir para todo o estado e essas novas empresas sentiram também a necessidade de organização, direcionamento e padronização do meio se incorporando também a Central de Outdoor.

Na capital a Central de Outdoor sempre preocupada com a ordenação da cidade e do meio ambiente, em parceria com o poder publico, elaboraram uma nova regulamentação e com isso firmaram definitivamente os outdoor em Salvador como os melhores em eficiência, organização e estrutura no Brasil.

Desde a sua fundação a Seccional teve 3 diretores, o Sr. José Linhares - Alinhares Outdoor (Agosto de 1977 à  abril de 2008), Sr. Roberval Luania - Chaves Outdoor (abril de 2008 à  abril 2010), Sr. Ivan Lopes (Rede Outlight) e atualmente é dirigida novamente o Sr. Roberval Luania (Chaves Outdoor).

A Seccional Bahia da Central de Outdoor conta hoje com 8 empresas associadas na capital e mais 7 no interior do estado.